Prevalência da apneia obstrutiva do sono em trabalhadores de turno: uma revisão sistemática

Ciência & Saúde Coletiva. 23(10):3381-3392 DOI 10.1590/1413-812320182310.21362018

 

Journal Homepage

Journal Title: Ciência & Saúde Coletiva

ISSN: 1413-8123 (Print); 1678-4561 (Online)

Publisher: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva

LCC Subject Category: Medicine: Public aspects of medicine

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: English, Spanish; Castilian, Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Yuri Saho Sakamoto
Fernanda Porto-Sousa
Cristina Salles

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 12 weeks

 

Abstract | Full Text

Resumo A apneia obstrutiva do sono (AOS) é um dos distúrbios do sono mais frequentes, associada ao risco aumentado para obesidade, hipertensão e evento cardiovascular. O presente estudo buscou investigar a prevalência da AOS em trabalhadores de turno. Foi realizada a revisão sistemática da literatura, utilizando-se os descritores “sleep apnea” AND “shift work”, nas bases de dados do PubMed Central, Biblioteca Virtual em Saúde, Web of Science e Scopus, incluindo-se artigos que apresentaram a frequência da AOS em trabalhadores de turno, publicados entre 2004 e 2014, em inglês, português ou espanhol, apenas com seres humanos, maiores de 18 anos, utilizando polissonografia. Artigos de revisão ou com participantes com comorbidades prévias (exceto sobrepeso/obesidade), tratados para doença do sono ou gestantes foram excluídos. Dos 1.428 artigos identificados, quatro foram incluídos para análise, totalizando 819 participantes, com predomínio do sexo masculino. A prevalência da AOS em trabalhadores de turno variou de 14,3% a 38,1%, superior à estimada para a população geral, sugerindo associação importante com o trabalho de turno e a necessidade de prevenção, diagnóstico e intervenção sobre possíveis impactos negativos da escala de trabalho na saúde desses trabalhadores.