GEOUSP: Espaço e Tempo (2019-06-01)

Boletim Paulista de Geografia (1949-2018): abordagem da análise bibliométrica

  • Fabíola Magalhães Andrade,
  • Alfredo Pereira de Queiroz

DOI
https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2019.157649
Journal volume & issue
Vol. 23, no. 2

Abstract

Read online

Uma análise bibliométrica do Boletim Paulista de Geografia (BPG), no período de 1949 a 2018, foi realizada. Dentre os 485 artigos, os autores mais citados foram: Milton Santos (469), Paul Singer (377), Ariovaldo Umbelino Oliveira (155). Os maiores índices H da revista destacaram a produtividade de Aziz Ab´Saber e Aroldo de Azevedo. A proporção do gênero dos autores foi de 69% de homens e de 31% de mulheres. Após 2007, os percentuais mostraram maior equilíbrio: 53% de homens e 47% de mulheres. Do total de 559 autores, houve 403 artigos com um único autor (83%) e 82 com coautoria (17%). Os idiomas predominantes das referências foram: português (68%), inglês (19%) e francês (13%). Até 1965, os livros predominaram dentre as citações, entre 1966 e 1990 os percentuais foram semelhantes e, a partir de 1991, os artigos se tornaram o principal tipo de referência citada.

Keywords