Pesquisa Agropecuária Brasileira (2010-02-01)

Estoque de carbono e nitrogênio e emissão de N2O em diferentes usos do solo na Mata Atlântica Carbon and nitrogen stocks and N2O emission under diferent land use in Atlantic Forest biome

  • Rodolfo Pellegrini Coutinho,
  • Segundo Urquiaga,
  • Robert Michael Boddey,
  • Bruno José Rodrigues Alves,
  • Anatoly Queiroz Abreu Torres,
  • Claudia Pozzi Jantalia

DOI
https://doi.org/10.1590/S0100-204X2010000200011
Journal volume & issue
Vol. 45, no. 2
pp. 195 – 203

Abstract

Read online

O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto da substituição de pastagens por reflorestamento com eucalipto e mata secundária sobre a dinâmica da matéria orgânica e emissão de N2O, em áreas da Mata Atlântica. As áreas avaliadas localizam-se no Município de Cruzeiro, SP, e têm histórico comum de uso da terra, tendo sido inicialmente ocupadas por pastagem. Desde 1973, uma parte desta área foi reservada para regeneração natural, outra foi ocupada com plantio de eucalipto e outra permaneceu como pastagem. Para quantificar o estoque de C e nitrogênio do solo e a abundância isotópica de 13C na matéria orgânica do solo (MOS), foram coletadas amostras de solo até 1 m de profundidade, com uso de três repetições. A emissão de N2O foi avaliada com câmaras estáticas pelo período de um ano. Não foram observadas diferenças significativas nos estoques de C e N do solo nas áreas de mata e eucalipto, em relação à pastagem. A mata apresenta maior influência sobre a composição da MOS. Na mata de eucalipto ocorrem as maiores perdas anuais de N, pela emissão de N2O.The objective of this work was to evaluate the impact on soil organic matter dynamics and N2O emission of the substitution of pasture areas by eucaliptus reforestation and secondary forest. The evaluated areas are localized in Cruzeiro municipality, São Paulo state, Brazil. The areas presented common soil usage history, and were used, at first, as pasture. Since 1973, part of the area was reserved for regeneration of the secondary forest, another part was planted with eucalyptus, and the remaining was kept as pasture. To quantify the stocks of C, N and in soil and the 13C isotopic abundance in soil organic matter (SOM), samples from these areas were collected until 1-m depth, using three replicates. The emission of N2O was evaluated with static chambers for one year. The three areas did not show significant differences on C and N stocks of the secondary forest and eucalyptus areas, in comparison to the pasture one. Secondary forest and eucalyptus has greater carbon contribution to SOM. Secondary forest and eucalyptus have highest annual losses of N, as N2O.

Keywords