Os expurgos de 1964 e o discurso anticorrupção na caricatura da grande imprensa

Tempo e Argumento. 2016;8(18):9-39 DOI 10.5965/2175180308182016009

 

Journal Homepage

Journal Title: Tempo e Argumento

ISSN: 2175-1803 (Online)

Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina

LCC Subject Category: History (General) and history of Europe: History (General): Modern history, 1453-

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese, Spanish; Castilian, French, English

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS

Rodrigo Patto Sá Motta (Universidade Federal de Minas Gerais)

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 18 weeks

 

Abstract | Full Text

Este artigo aborda os discursos visuais e verbais da grande imprensa no contexto do Golpe de 1964, com ênfase no “segundo alvo” dos expurgos empreendidos pelo novo regime, qual seja, a corrupção. O estudo analisa o papel dos periódicos – em especial das caricaturas – na construção de representações que sustentaram a ditadura, notadamente no que se refere ao combate à corrupção. Para abordar adequadamente o objeto, busca-se perceber os interesses políticos e as manipulações discursivas dos atores envolvidos, que muitas vezes foram movidos por razões bem distantes da luta contra a corrupção.  Palavras-chave: Caricaturas; Política; Ditadura; Brasil - História - 1964-1985.