Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental (2011-09-01)

O ato na adolescência como resposta à inconsistência do Outro

  • Mirela Stenzel,
  • Vinicius Anciães Darriba

DOI
https://doi.org/10.1590/S1415-47142011000300005
Journal volume & issue
Vol. 14, no. 3
pp. 472 – 484

Abstract

Read online

Pretende-se, pela articulação teórica de um caso clínico, analisar a incidência do ato e a referência frequente, nos discursos dos adolescentes, à influência das "más companhias". Para tal, utiliza-se a discussão ética de Lacan em seus Seminários dos anos 1959-1960 e 1968-1969. Conclui-se que o ato na adolescência é uma resposta possível ao que se mostra como inconsistência no Outro e visa, sob o modo da transgressão, atingir o que Lacan associa a das Ding freudiana. Indica-se, ainda, que tal resposta é reveladora do próprio desejo, o que estabelece uma direção para o trabalho clínico.

Keywords