Agenciamentos semióticos em ambientes de streaming de músicas online: mente, aprendizado e continuidade

Galáxia. 2014;14(28)

 

Journal Homepage

Journal Title: Galáxia

ISSN: 1519-311X (Print); 1982-2553 (Online)

Publisher: Pontíficia Universidade Católica de São Paulo

Society/Institution: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

LCC Subject Category: Language and Literature: Philology. Linguistics: Communication. Mass media

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: French, Italian, Portuguese, English, Spanish

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS

Natalia Moura Cortez (Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG.)
Geane Carvalho Alzamora (Professora Doutora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG.)

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 30 weeks

 

Abstract | Full Text

Este artigo investiga os agenciamentos híbridos entre agentes de interface e agentes humanos nos ambientes sociocomunicacionais de streaming de músicas LastFM, Grooveshark e Deezer, com base nas noções de agenciamento (Deleuze e Guattari) e semiose (Peirce). O modelo peirceano da semiose é tomado como parâmetro conceitual para explicar o funcionamento do agenciamento híbrido entre homem e máquina nesses ambientes. Propõe-se a noção de agenciamento semiótico para compreender o aprendizado contínuo e aprimorado da máquina a partir das ações humanas nos ambientes pesquisados, assim como as articulações das ações humanas baseadas nos mecanismos de recomendação. As relações de continuidade entre as mentes dos agentes humanos e as dos agentes de interface são abordadas na perspectiva da Teoria do Sinequismo de Peirce, relacionada à sua noção de semiose.