Entre aves, carnes e embalagens: divisão sexual e sentidos do trabalho em abatedouro avícola Among poultry, meat and packaging: sexual division and meanings of work in a poultry slaughterhouse

Revista Estudos Feministas. 2012;20(3):761-783 DOI 10.1590/S0104-026X2012000300009

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Estudos Feministas

ISSN: 0104-026X (Print); 1806-9584 (Online)

Publisher: Universidade Federal de Santa Catarina

LCC Subject Category: Social Sciences: The family. Marriage. Woman: Women. Feminism

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese, Spanish; Castilian

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Laila Priscila Graf
Maria Chalfin Coutinho

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 16 weeks

 

Abstract | Full Text

Este artigo apresenta uma investigação sobre o trabalho de mulheres atuantes em um abatedouro avícola em Santa Catarina, Brasil. As concepções teóricas da divisão sexual do trabalho e da produção de sentidos pela psicologia do construcionismo social nortearam as análises. O conceito de trabalho foi compreendido a partir de uma dupla dimensão: como concreto (produtor de coisas úteis) e abstrato (produtor de mercadorias). Com base na estratégia investigativa do estudo de caso, foi desenvolvida uma pesquisa de campo, com dois procedimentos principais: observações e oito entrevistas com trabalhadoras. Os resultados geraram duas grandes categorias temáticas, uma delas é apresentada aqui. Trata-se da divisão sexual do trabalho identificada tanto no âmbito produtivo como no doméstico. Os resultados, por meio da articulação analítica dos sentidos e da divisão sexual do trabalho, expuseram as relações assimétricas no trabalho na indústria de carne avícola e, consequentemente, no ambiente familiar.<br>This article informs the results of a research which focus on the women's work at a small poultry slaughterhouse, in Santa Catarina State, Brazil. . The sexual division of labor and the meanings of work were supported by the social constructionism. The concept of work was understood from a double dimension: as concrete work (producing useful things) and as abstract work (producing goods). Based on a case study, a qualitative approach was developed through observation and eight interviews with women workers. Based on the analytic articulation of meanings and sexual division of labor theories, the results showed the asymmetric relations at work in the poultry industry and also in the domestic place.