Sistema POLCA: revisão, classificação e análise da literatura

Gestão & Produção. 2014;21(3):532-542 DOI 10.1590/S0104-530X2014000300007

 

Journal Homepage

Journal Title: Gestão & Produção

ISSN: 0104-530X (Print); 1806-9649 (Online)

Publisher: Universidade Federal de São Carlos

LCC Subject Category: Technology: Technology (General): Industrial engineering. Management engineering

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML

 

AUTHORS


Fernanda Silva Chinet (Universidade Federal de São Carlos)

Moacir Godinho Filho (Universidade Federal de São Carlos)

EDITORIAL INFORMATION

Blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 44 weeks

 

Abstract | Full Text

Este trabalho apresenta uma revisão bibliográfica (20 artigos) sobre o sistema de coordenação de ordem (SCO) denominado Paired-cell Overlapping Loops of Cards with Authorization (POLCA). A partir de tal revisão, propôs-se um sistema de classificação do sistema POLCA baseado em quatro categorias: sistema POLCA considerado (original/modificado); objetivo principal da pesquisa; fonte da publicação; e metodologia de pesquisa empregada. Uma vez classificada e estruturada, a revisão bibliográfica serviu de base para uma análise do tema. A literatura pesquisada mostrou a existência de algumas lacunas que merecem ser exploradas em pesquisas futuras, são elas: proposta de novas melhorias no sistema POLCA original, ou mesmo a hibridização de tal sistema com outro SCO; comparação, via simulação ou teoria de filas, do sistema POLCA com outros SCOs utilizados em ambientes de alta variedade de produtos; mostrar a aplicação do sistema POLCA na prática. Além disso, referente à prática, principalmente brasileira, tem-se que o sistema POLCA ainda é pouco conhecido em território nacional. Devido a esse fato, muitas oportunidades existem para os gerentes de Planejamento e Controle da Produção na prática, uma vez que internacionalmente tal sistema vem mostrando excelentes resultados em termos de redução de lead time.