Desvelamento do limiar discursivo de uma marca global em uma cultura local

Cadernos EBAPE.BR. 9(2):299-332 DOI 10.1590/S1679-39512011000200006

 

Journal Homepage

Journal Title: Cadernos EBAPE.BR

ISSN: 1679-3951 (Online)

Publisher: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas

Society/Institution: Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getulio Vargas

LCC Subject Category: Social Sciences: Commerce: Business

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese, Spanish; Castilian, French, English

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Flávia Zimmerle da Nóbrega Costa (Faculdade Boa Viagem)
André Luiz Maranhão de Souza Leão (Universidade Federal de Pernambuco)

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 37 weeks

 

Abstract | Full Text

Com o advento da globalização inicia-se uma nova forma de convivência entre as sociedades, cuja possibilidade contribui para gerar um emaranhado campo de cruzamentos culturais e permite o estabelecimento de valores universais em meios locais. Este contexto, aliado à cultura de massas, promoveu as marcas a símbolos culturais complexos e globais. Inspirados no projeto arqueológico de Michel Foucault, elegemos uma marca global para realizar um estudo de caso fotoetnográfico de práticas cotidianas mundanas. Este processo nos possibilitou realizar a análise por meio de um trabalho de ordenação, definição e descrição, elaborado no interior do campo discursivo, permitindo que os resultados revelassem descrições enunciativas pautadas nas ações de marketing da marca. Estas nos revelaram funções e suas relações nos permitiram decifrar as regras sob as quais essas se encontravam regidas. A análise nos revelou o limiar relacional entre as culturas global e local e nos possibilitou desvelar as relações existentes nesta teia discursiva, possibilitando a compreensão de como uma marca transnacional se estabelece numa cultura local reproduzindo a cultura global. Neste sentido, apontamos alguns caminhos para reflexão acerca das sociedades ocidentais no contemporâneo.