Sintomas do modo de vida burguês no Vale do Paraíba, Séc.XIX: fazenda São Fernando, Vassouras, RJ Exploração arqueológica e museológica

Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material. 1(1):179-206 DOI 10.1590/S0101-47141993000100013

 

Journal Homepage

Journal Title: Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material

ISSN: 0101-4714 (Print); 1982-0267 (Online)

Publisher: Universidade de São Paulo, Museu Paulista

Society/Institution: Universidade de São Paulo (USP)

LCC Subject Category: History America: Latin America. Spanish America

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: French, Portuguese, English, Spanish; Castilian, Italian

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Tania Andrade Lima (Universidade Estácio de Sá)
Maria Cristina O. Bruno (Universidade de São Paulo)
Marta P. R. da Fonseca (Universidade de São Paulo)

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 18 weeks

 

Abstract | Full Text

No âmbito de um projeto voltado para investigar arqueologicamente o surgimento do modo de vida burguês, que antecede a instalação da Durguesia propriamente dita no país, vêm sendo pesquisadas unidades de produção de café implantadas em meados do século passado no Vale do Paraíba Fluminense. A Fazenda São Fernando, situada no município de Vassouras RJ, na condição de um dos mais notáveis exemplos do processo de expansão, apogeu e decadência desta monocultura na região, foi trabalhada com vistas a se tornar um dos espaços destinados ao connecimento e divulgação desse passado. A Arqueologia e a Museologia, operando em fina sintonia, estão expondo e restituindo à comunidade as informações recuperadas em escavações sistemáticas na área e desta forma garantindo a preservação da sua memória.