A Construção das Redes Sociais de Operadores de ONGs: Os Mecanismos de Recrutamento a Partir das Relés Sociais

REDES: Revista Hispana para el Análisis de Redes Sociales. 2007;12(1) DOI 10.5565/rev/redes.495

 

Journal Homepage

Journal Title: REDES: Revista Hispana para el Análisis de Redes Sociales

ISSN: 2385-4626 (Print); 1579-0185 (Online)

Publisher: Universitat Autònoma de Barcelona

LCC Subject Category: Social Sciences: Social sciences (General)

Country of publisher: Spain

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML

 

AUTHORS


Breno Augusto Souto Maior Fontes (Universidade Federal de Pernambuco)

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 24 weeks

 

Abstract | Full Text

Pretendemos, neste artigo, investigar os processos subjacentes às trajetórias os operadores de ONGs: como são recrutados, quais seus campos de filiação institucional mais freqüentes, que características mais significativas podem ser destacadas neste processo. Trata-se, de um lado, de desvelar o mecanismo de formação das redes sociais destes atores; de outro, investigar as suas diversas inserções em campos de sociabilidade. A partir de um estudo empírico de operadores de Organizações Não Governamentais que atuam na área de Educação na Região Metropolitana do Recife procedemos à reconstrução de suas trajetórias de sociabilidade.