O DISCURSO DA ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL: UMA ANÁLISE DOS CÓDIGOS DE ÉTICA

GESTÃO.Org : Revista Eletrônica de Gestão Organizacional. 2013;11(2):360-390

 

Journal Homepage

Journal Title: GESTÃO.Org : Revista Eletrônica de Gestão Organizacional

ISSN: 1679-1827 (Online)

Publisher: Universidade Federal de Pernambuco

Society/Institution: Universidade Federal de Pernambuco

LCC Subject Category: Social Sciences: Commerce: Business

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese, Spanish; Castilian, English

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS

Annita Valléria Calmon Mendes (Universidade de Brasília)
Magda de Lima Lúcio (Universidade de Brasília)

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 48 weeks

 

Abstract | Full Text

O presente artigo busca analisar o conteúdo subjetivo presente no discurso da ética no âmbito do serviço público federal a partir da relação entre os conceitos de racionalidade e subjetividade de Weber (1979); de corrosão do caráter proposto por Sennett (2003); e do modelo gerencialista presente no ambiente de trabalho moderno. Não se pretende aprofundar questões sobre o processo de gestão da ética, mas analisar o código de ética, um dos instrumentos para a promoção da ética em organizações. Assim, como recorte empírico foram analisados, em caráter exploratório, pelo método da análise do discurso, quatro códigos de ética do Poder Executivo Federal. A análise dos discursos possibilitou classificar os códigos segundo os critérios de instrumentalização da ética e de promoção da subjetividade do indivíduo. Os resultados indicam prevalência do primeiro sobre o segundo, o que poderia contribuir para o aprofundamento de modelos gerencialistas de gestão desenvolvidos em organizações privadas e importados para o serviço público.