O evento CERN Masterclasses: Hands on Particle Physics: contribuições sobre seu papel na comunicação científica a partir de percepções de seus participantes

Revista Brasileira de Ensino de Física. 38(3) DOI 10.1590/1806-9126-RBEF-2016-0031

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Brasileira de Ensino de Física

ISSN: 1806-1117 (Print); 1806-9126 (Online)

Publisher: Sociedade Brasileira de Física

LCC Subject Category: Science: Physics

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS


Graciella Watanabe

Giselle Watanabe

Lucio Costa

Eduardo Gregores

Ivã Gurgel

Pedro Mercadante

Marcelo Gameiro Munhoz

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 16 weeks

 

Abstract | Full Text

Neste trabalho são investigados dois aspectos relacionados à experiência da Universidade Federal do ABC (UFABC) e da Universidade de São Paulo (USP) durante a realização do evento CERN Masterclasses Hands on Particle Physics, que envolveu estudantes tanto de Ensino Médio quanto de cursos de Licenciatura em Física. O primeiro aspecto considerado para este estudo refere-se ao perfil motivacional dos participantes, quais suas expectativas e interesses no evento. O segundo busca identificar, relativamente aos conteúdos conceituais e técnicos tratados no evento, quais os principais ganhos e dificuldades percebidas pelos participantes. A partir destas informações, analisamos o papel do evento como instrumento de comunicação científica. Para isso, tomamos como referencial teórico o modelo contemporâneo de comunicação científica de Burns, O’Connor e Stocklmayer, o qual entende a comunicação científica como um conjunto de etapas visando levar a Literacia Científica. À luz dos resultados encontrados, foi possível constatar que as ações do evento estão produzindo em seus participantes processos conducentes tanto a uma Consciência quanto Compreensão Públicas da Ciência. Estes processos operam de forma estrutural no desenvolvimento de uma cultura científica, a qual constitui-se, ao mesmo tempo, em causa e conseqüência do processo que leva ao ideal de Literacia Científica. Desta perspectiva, eventuais ajustes no desenho e composição das atividades do evento podem ser melhor subsidiadas, assim como questões relativas às contribuições sócio-educativas e culturais proporcionadas por iniciativas dessa natureza.