A ética e o pós-colonialismo: uma prática de tradução

Alfa: Revista de Lingüística. 2001;44(1)

 

Journal Homepage

Journal Title: Alfa: Revista de Lingüística

ISSN: 0002-5216 (Print); 1981-5794 (Online)

Publisher: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Society/Institution: Universidade Estadual Paulista

LCC Subject Category: Language and Literature: Philology. Linguistics

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: French, Portuguese, English, Spanish; Castilian, Italian

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Neuza Lopes Ribeiro Vollet
Giana M. G. Giani de Mello

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 23 weeks

 

Abstract | Full Text

<p>Este trabalho foi concebido como uma introdução a algumas das questões levantadas pelos estudos do pós-colonialismo e suas intersecções com os estudos da tradução. Nosso objetivo foi estimular uma reflexão, informada pela noção pós-moderna de negação de significados transcendentais, que determinasse em que medida concepções tradicionais de tradução e do papel reservado ao tradutor poderiam contribuir na construção e conservação de relações assimétricas de poder no encontro entre culturas. A questão da invisibilidade do tradutor foi tratada de um ponto de vista ético e diretamente relacionada aos interesses das culturas dominantes na manutenção de hierarquias, tratando-as como naturais e universais e não como sendo construídas a partir de interesses específicos.</p>