Revista de Educação PUC-Campinas (2021-04-01)

Sentidos atribuídos à literatura no currículo do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

  • Maria Carolina da Silva Caldeira

DOI
https://doi.org/10.24220/2318-0870v26e2021a4990
Journal volume & issue
Vol. 26, no. 0
pp. 1 – 14

Abstract

Read online

Este artigo analisa os sentidos atribuídos à literatura por formadoras, orientadoras de estudos e professoras cursistas que participaram do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, vinculadas à Universidade Federal de Minas Gerais. O objetivo é compreender os saberes acionados, as relações de poder estabelecidas e as posições de sujeito demandadas pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, compreendendo que esse programa de formação se constitui em um currículo que ensina modos de ser e estar para as docentes. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa utilizou entrevistas narrativas com as participantes do Pacto. Como referencial teórico, foram utilizados conceitos de Michel Foucault, particularmente discurso, poder e posições de sujeito. Com base nesses conceitos, mostra-se como esse currículo operava com pressupostos do “discurso de letramento literário”, com destaque para dois elementos principais: a importância da leitura literária no currículo de formação docente e de alfabetização de crianças, e as possibilidades de articulação da literatura com outros artefatos para produzir práticas multiculturais e interdisciplinares no currículo.

Keywords