Administração: Ensino e Pesquisa (2012-03-01)

O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM EM ADMINISTRAÇÃO EM CONDIÇÕES DE HETEROGENEIDADE: PERCEPÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES

  • Ingrid Winkler,
  • Júlio Cesar Andrade de Abreu,
  • Kátia Santos de Morais,
  • Lindomar Pinto da Silva,
  • José Antonio Gomes de Pinho

DOI
https://doi.org/10.13058/raep.2012.v13n1.98
Journal volume & issue
Vol. 13, no. 1

Abstract

Read online

O objetivo do trabalho é descrever uma experiência de ensino baseada no olhar discente e docente em um projeto experimental da disciplina “Introdução à Administração”, ministrada para alunos de cursos como Engenharia, Nutrição, Direito, constituindo-se numa turma, portanto, heterogênea em sua formação. A dinâmica da disciplina é marcada pela realização de aulas-conferência, proferidas pelo professor, e aulas em microgrupos, coordenadas individualmente pelos monitores, funcionando como um processo simultâneo e complementar, a fim de possibilitar espaços mais amplos para a troca de experiências. A discussão adotou como referencial teórico os conceitos de aprendizagem significativa e interação (moreira, 1999; ausubel, 1982) e o uso de recursos estéticos para favorecimento da aprendizagem (davel et al., 2004; fischer, 2005). Valendo-se de uma pesquisa survey, o artigo analisa, quantitativa e qualitativamente, a percepção de alunos e docentes sobre o formato da experiência. Conclui-se que a heterogeneidade dos cursos de origem dos estudantes constitui um grande desafio, mas possibilita também diversas oportunidades de uma aprendizagem significativa. Este formato pode, então, servir de base para novos experimentos e colaborar com reflexões sobre a necessidade de reformulação do ensino em Administração e da própria formação de docentes em Administração, como defendem alguns autores.

Keywords