Ciencias Psicológicas (2020-10-01)

Novas evidências de validade para o Inventário de Estratégias de Coping

  • Luana Luca ,
  • Ana Paula Porto Noronha,
  • Francine Náthalie Ferraresi Rodrigues Queluz ,
  • Acácia Aparecida Angeli dos Santos

DOI
https://doi.org/10.22235/cp.v14i2.2319
Journal volume & issue
Vol. 14, no. 2

Abstract

Read online

O objetivo do presente estudo foi analisar as propriedades psicométricas do Inventário de Estratégias de Coping (IEC) por meio de evidências de validade baseadas na estrutura interna e na relação com outras variáveis (forças de caráter). Participaram 927 universitários, com idade média de 26 anos (DP= 7,7) e maioria do sexo feminino. Todos responderam ao Inventário de Estratégias de Coping e à Escala de Forças de Caráter (EFC). Após a análise dos dados, sugere-se uma nova organização fatorial com 4 fatores, dos 8 iniciais. Os fatores são: Reavaliação Positiva (α= 0,79), Afastamento e Aceitação (α= 0,79), Suporte Social (α= 0,67) e Confronto e Resolução de Problemas (α= 0,86). Os escores do IEC se correlacionaram com os escores da EFC, mostrando que a nova estrutura fatorial encontrada apresenta evidências de validade baseada nas relações com outras variáveis. Os resultados são discutidos à luz da literatura.

Keywords