In Autumn 2020, DOAJ will be relaunching with a new website with updated functionality, improved search, and a simplified application form. More information is available on our blog. Our API is also changing.

Hide this message

A modelagem matemática como metodologia de ensino

Espaço Pedagógico. 2018;11(2):81-91 DOI 10.5335/rep.v11i2.8009

 

Journal Homepage

Journal Title: Espaço Pedagógico

ISSN: 0104-7469 (Print); 2238-0302 (Online)

Publisher: Universidade de Passo Fundo (UPF)

Society/Institution: Universidade de Passo Fundo (UPF)

LCC Subject Category: Education: Education (General) | Education: Special aspects of education

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Vera Jussara Lourenzi Mühl

Rosana Maria Luvezute Kripka

Mariane K. Giareta

Neuza Terezinha Oro

Maria de Fátima Baptista Betencourt

Auro Cândido Marcolan

Dirceu Lima dos Santos

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 20 weeks

 

Abstract | Full Text

Desde os primórdios do ensino da matemática, muito tem se discutido sobre a forma de construção desse conhecimento e muitos pesquisadores têm dedicado sua vida para contribuir com a questão. A modelagem matemática é uma linha de pesquisa que surgiu na área da mtemática alicada. Pelo fato de desenvolver a criatividade, o raciocínio lógico e a autonomia das pessoas que trabalham nesse processo, também tem sido pensada por educadores matemáticos como uma metodologia de ensino. Como essa implantação, na sua íntegra, exige do educador amplo conhecimento matemático e muita experiência em modelagem, a princípio, essa nova metodologia, baseada na modelagem matemática, porém com simplificações, tem sido chamada de “modelação”. Atualmente, a modelação tem sido utilizada sob a forma de resolução de problemas relativos a conteúdos já predeterminados pela escola. O objetivo da modelação consiste em atribuir significado a conceitos, estimular o desenvolvimento do raciocínio lógico e possibilitar ao educando a compreensão e resolução de problemas semelhantes, que, porventura, ocorram em suas vidas. A fim de estimular a implantação dessa metodologia no ensino da matemática, apresentam-se neste artigo uma discussão sobre o assunto e exemplos de modelação que podem ser utilizados no ensino médio.