In Autumn 2020, DOAJ will be relaunching with a new website with updated functionality, improved search, and a simplified application form. More information is available on our blog. Our API is also changing.

Hide this message

Fugas e reescravizações em região fronteiriça: Bolívia e Brasil nas primeiras décadas dos Estados nacionais = Fugues and "reenslavement" in the border region: Bolivia and Brazil in the first decades of national States

Estudos Ibero Americanos. 2013;39(1):82-98

 

Journal Homepage

Journal Title: Estudos Ibero Americanos

ISSN: 0101-4064 (Print); 1980-864X (Online)

Publisher: Editora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (EDIPUCRS)

Society/Institution: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

LCC Subject Category: History America: Latin America. Spanish America

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Sena, Ernesto Cerveira

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 10 weeks

 

Abstract | Full Text

Com o início dos Estados nacionais na América, era contingente que se estabelecessem limites territoriais, tal como Bolívia e Brasil. Antes disso, aporias como a fuga de escravos eram motivos de estratégias e ações várias. Autoridades locais procuravam defender os interesses dos proprietários. A Bolívia, controversamente, se apresentava “como solo livre” da escravidão, mas mantinha em seu território escravos negros, além de seus habitantes cederem às recompensas de capturas de fugidos