In Autumn 2020, DOAJ will be relaunching with a new website with updated functionality, improved search, and a simplified application form. More information is available on our blog. Our API is also changing.

Hide this message

Vestígios do cotidiano: remédios e coleções arqueológicas

Vestígios. 2016;10(2):132-156 DOI 10.31239/vtg.v10i2.10560

 

Journal Homepage

Journal Title: Vestígios

ISSN: 1981-5875 (Print); 2316-9699 (Online)

Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais

Society/Institution: Universidade Federal de Minas Gerais

LCC Subject Category: Auxiliary sciences of history: Archaeology

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Diego Antonio Gheno (Graduado em História pela Univates. Pesquisador do Setor de Arqueologia, Univates)

Paula Dresch dos Santos (Graduanda em História e Bolsista de Iniciação Científica no Setor de Arqueologia, Univates)

Neli Teresinha Galarce Machado (Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Univates)

EDITORIAL INFORMATION

Blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 20 weeks

 

Abstract | Full Text

O objetivo desse estudo centra-se em analisar a cultura material coletada em uma antiga Casa Comercial de Arnaldo Fensterseifer, localizada no interior do Rio Grande do Sul. Os esforços foram concentrados na interpretação dos recipientes de vidro, por representarem 91,30% do total de materiais arqueológicos. As análises caracterizam a cultura material coletada por meio das marcas deixadas nos recipientes pelos métodos de confecção, da cor dos vidros, da comparação com anúncios de revistas, bibliografias especializadas, sites de laboratórios, bulas de medicamentos e das informações presentes nos rótulos dos vidros em estudo. Procurou-se tratar aspectos relacionados às práticas de saúde na região e das continuidades na fabricação, comercialização e uso de alguns medicamentos da coleção analisada.