Comparacao dos niveis de sedacao graduados pela escala Comfort-B e pelo indice biespectral de criancas em ventilacao mecanica na unidade de terapia intensiva pediatrica

Revista Brasileira de Terapia Intensiva. 2013;25(4):306-311 DOI 10.5935/0103-507X.20130052

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Brasileira de Terapia Intensiva

ISSN: 0103-507X (Print); 1982-4335 (Online)

Publisher: Associação de Medicina Intensiva Brasileira

LCC Subject Category: Medicine: Internal medicine: Medical emergencies. Critical care. Intensive care. First aid

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: English, Spanish; Castilian, Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Claudia da Costa Silva
Marta Maria Osorio Alves
Michel Georges dos Santos El Halal
Sabrina dos Santos Pinheiro
Paulo Roberto Antonacci Carvalho

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 15 weeks

 

Abstract | Full Text

Objetivo: Comparar os escores resultantes da escala Comfort-B com o índice biespectral, em crianças de uma unidade de terapia intensiva. Métodos: Onze crianças com idades entre 1 mês e 16 anos, submetidas a ventilação mecânica e sedação, foram classificadas pelo índice biespectral e pela escala Comfort-B, simultaneamente. Foi obtido registro de seus comportamentos por filmagem digital; posteriormente tal registro foi avaliado por três observadores independentes e foram aplicados testes de concordância (Bland-Altman e Kappa). Foi testada a correlação entre os dois métodos (correlação de Pearson). Resultados: Foram realizadas 35 observações em 11 pacientes. A concordância entre os avaliadores, segundo o coeficiente de Kappa, variou de 0,56 a 0,75 (p<0,001). Houve associação positiva e regular entre índice biespectral e Comfort-B, com r=0,424 (p=0,011) até r=0,498 (p=0,002). Conclusão: Devido à alta concordância entre os avaliadores independentes e a correlação regular entre os dois métodos, conclui-se que a escala Comfort-B é reprodutível e útil na classificação do nível de sedação de crianças em ventilação mecânica.