Produção de Sentido em O Continente: Movimentos do Tempo e do Vento

Revista Latino Americana de Estudos em Cultura e Sociedade. 2019;5(5) DOI 10.23899/relacult.v5i5.1511

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Latino Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

ISSN: 2525-7870 (Online)

Publisher: Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

Society/Institution: Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

LCC Subject Category: General Works: History of scholarship and learning. The humanities | Social Sciences

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Ana Cristina Agnoletto (UFFS- Universidade Federal da Fronteira Sul)

Márcia De Souza (Universidade Comunitária da Região de Chapecó- Unochapecó)

EDITORIAL INFORMATION

Blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 12 weeks

 

Abstract | Full Text

Este artigo tem como objetivo destacar sentidos do romance O Continente, primeira parte da trilogia O Tempo e o Vento, do escritor Erico Verissimo. Os objetivos específicos buscam perceber o envolvimento dos fatores históricos e familiares no romance, identificar as características da linguagem literária utilizada por Erico Verissimo na composição do texto e significar o título da obra e da trilogia correlacionando à história, à linguagem e à passagem das gerações. A partir da epígrafe da obra, que foi retirada do texto de Eclesiastes, registram-se colocações sobre os termos tempo e vento com base no que foi exposto por críticos literários. A pesquisa é de caráter qualitativo porque se imbui de aprofundamento temático centrando-se na compreensão, e, justifica-se a análise devido ao amplo arcabouço histórico e cultural propiciado pelo romance em relação à formação do povo rio-grandense, é uma obra literária que tem forte representatividade no cenário literário brasileiro. Para alcançar os objetivos, a pesquisa contempla as seguintes abordagens: o aspecto social das obras no período literário que corresponde à criação do romance; o ambiente de criação, características e inspirações de Erico Verissimo; dimensões de sentidos como os dos elementos tem­­­­po e vento. Narrando 150 anos da História do Rio Grande do Sul, O Continente é dividido em dois volumes e treze capítulos em que se intercalam referências ao contexto histórico, no entanto, o autor põe em primeiro plano o destino dos personagens, ou seja, evidencia questões inerentes à vida e à morte, à força e à fraqueza e às paixões e às aflições das pessoas. A pesquisa atinge os objetivos ao perceber sentidos do romance e ao verificar que o tempo e o vento são significativos do início ao fim do romance, as gerações agem e repetem ações no tempo e o vento faz-se presente nos acontecimentos.