Qualidade de vida no trabalho de fisioterapeutas docentes no município de Goiânia, Goiás, Brasil

Ciência & Saúde Coletiva. 23(9):3021-3030 DOI 10.1590/1413-81232018239.15672016

 

Journal Homepage

Journal Title: Ciência & Saúde Coletiva

ISSN: 1413-8123 (Print); 1678-4561 (Online)

Publisher: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva

LCC Subject Category: Medicine: Public aspects of medicine

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: English, Spanish; Castilian, Portuguese

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Alex Carrér Borges Dias
Neuma Chaveiro
Celmo Celeno Porto

EDITORIAL INFORMATION

Peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 12 weeks

 

Abstract | Full Text

Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a qualidade de vida no trabalho de fisioterapeutas docentes de cursos de fisioterapia no município de Goiânia-GO. Trata-se de um estudo transversal com 65 docentes. Foram incluídos fisioterapeutas docentes do curso de fisioterapia no município de Goiânia. Foram excluídos aqueles que estavam afastados, com menos de seis meses de atividade e que responderam os questionários de forma incompleta. Utilizou-se um questionário sociodemográfico e o Total Quality of Work Life (TQWL-42) para avaliação da qualidade de vida no trabalho. Verificou-se que os docentes que atuavam em pós-graduação, ou exerciam cargo de chefia apresentaram médias significativamente melhores que aqueles que atuavam apenas na graduação. A satisfação com a renda e com a atividade docente também apresentou resultados significativos, influenciando a qualidade de vida no trabalho dos participantes. A atuação em cargos e locais que permitem maior autonomia, posição social e remuneração, assim como a avaliação subjetiva da satisfação com a renda e com a atuação na docência, influenciaram a qualidade de vida no trabalho dos fisioterapeutas docentes.