Marambiré como Patrimônio Cultural e Instrumento de Resistência do Quilombo do Pacoval/Pará

Revista Latino Americana de Estudos em Cultura e Sociedade. 2019;5(5) DOI 10.23899/relacult.v5i5.1517

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Latino Americana de Estudos em Cultura e Sociedade

ISSN: 2525-7870 (Online)

Publisher: Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

Society/Institution: Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura

LCC Subject Category: General Works: History of scholarship and learning. The humanities | Social Sciences

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Andréa Simone Rente Leão (Universidade Federal do Oeste do Pará)

Girlian Silva de Sousa (Universidade Federal do Oeste do Pará)

Edilmar de Santana Quaresma (Universidade Federal do Oeste do Pará)

Joice Eliane Vasconcelos de Oliveira (Universidade Federal do Oeste do Pará)

EDITORIAL INFORMATION

Blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 12 weeks

 

Abstract | Full Text

O presente ensaio introdutório tem o propósito de apresentar a dança do Marambiré como patrimônio cultural e de resistência do Quilombo do Pacoval e, portanto, um exemplo de organização cultural e social amazônica. A representação da dança do Marambiré é tida pelos quilombolas do Pacoval como a perpetuação da história de seus ancestrais, ao mesmo tempo, forma de manter viva sua cultura e origem. A origem das informações sobre o Quilombo do Pacoval, vem de autores locais, nacionais e entrevistas realizadas com os membros da dança do Marambiré – coordenação e componentes. Desta forma, conclui-se reafirmando que a ancestralidade negra, religiosidade, (re)existência cultural afro às intolerâncias sofridas e horizontalidade comunitária são características facilmente identificáveis nos comunitários do Quilombo do Pacoval, local onde a musicalidade se funde com a religião, expressando através da dança do Marambiré toda sua história de resistência cultural, social e política.