Revista Brasileira de Enfermagem (2011-08-01)

Literatura brasileira sobre o trabalho de enfermagem fundamentada em categorias marxianas

  • Edir Nei Teixeira Mandú,
  • Marina Peduzzi,
  • Brígida Gimenez Carvalho,
  • Ana Maria Nunes da Silva

DOI
https://doi.org/10.1590/S0034-71672011000400021
Journal volume & issue
Vol. 64, no. 4
pp. 766 – 773

Abstract

Read online

Analisa-se a produção científica sobre trabalho de enfermagem baseada em categorias marxianas, com o objetivo de conhecer suas contribuições e tendências. O estudo é uma revisão quanti-qualitativa de 97 artigos nacionais de 1981-2008, indexados na LILACS. Abordam-se os eixos: número e distribuição periódica; temáticas; abordagem conceitual e metodológica. Identificam-se: ampliação da literatura em questão, sobretudo a partir dos anos 2000; abordagem crescente dos sujeitos, de suas percepções e interação social; incorporação recente do debate sobre cuidado e gerenciamento do cuidado de enfermagem; predomínio de pesquisas qualitativas e, a partir dos anos 1990, incorporação de conceitos de outras vertentes teóricas articuladas a categorias marxianas. Evidencia-se a busca de compreensão dos movimentos, das contradições e dos dilemas da enfermagem como prática social.

Keywords