In Autumn 2020, DOAJ will be relaunching with a new website with updated functionality, improved search, and a simplified application form. More information is available on our blog. Our API is also changing.

Hide this message

O "milagre da onipotência" e a dispersão dos vadios: política urbanizadora e civilizadora em São Paulo na administração do morgado de Mateus (1765-1775)

Estudos Ibero Americanos. 2005;31(1):145-165

 

Journal Homepage

Journal Title: Estudos Ibero Americanos

ISSN: 0101-4064 (Print); 1980-864X (Online)

Publisher: Editora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (EDIPUCRS)

Society/Institution: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

LCC Subject Category: History America: Latin America. Spanish America

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish, Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS


Torrão Filho, Amilcar

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 10 weeks

 

Abstract | Full Text

O morgado de Mateus foi o primeiro governador da Capitania de São Paulo após sua restauração em 1765. Uma das principais ações de seu governo foi a urbanização da capitania, com a ereção de novas vilas, e a sua reorganização espacial, de acordo com as novas diretrizes ilustradas do governo pombalino. Sua intenção era civilizar os habitantes, fixando-os em povoações civis, submetendo-os à autoridade real