Colegas, santos, contemporâneos: modelos no trabalho contra a exclusão “Combati o bom combate, guardei a fé.” (2Tm 4,7) = Colleagues, saints, contemporaries: models in the work against exclusion “I have fought the good fight, I have kept the faith.” (2 Tm 4, 7)

Teocomunicação. 2015;45(2):193-218

 

Journal Homepage

Journal Title: Teocomunicação

ISSN: 0103-314X (Print); 1980-6736 (Online)

Publisher: Editora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (EDIPUCRS)

Society/Institution: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

LCC Subject Category: Philosophy. Psychology. Religion: Doctrinal Theology

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS

Klering, José Romaldo
Mosena, Miguel

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 10 weeks

 

Abstract | Full Text

Este texto tem como objetivo oferecer um subsídio que reforce Champagnat e Vianney como educadores do povo, colegas e santos, além de aprofundar os estudos sobre a influência do contexto histórico-político-religioso-econômico e social nas iniciativas de ambos. Quanto ao método, o trabalho será elaborado através de pesquisa bibliográfica, acrescido de estudos desenvolvidos a partir dessas pesquisas. O texto está organizado em dois capítulos: no primeiro, faremos uma breve biografia de Champagnat e de Vianney, apontando as principais etapas de suas vidas. No segundo capítulo, tentaremos mesclar alguns elementos que são comuns a ambos e que contribuem para o propósito deste trabalho: a confiança em Deus, a presença no cotidiano das pessoas que a eles foram confiadas e a gratuidade nas relações e no trabalho