Geopauta (2019-12-01)

CENTRALIDADE URBANA: REFLEXÕES SOBRE VITÓRIA DA CONQUISTA E ARACAJU

  • Adriana David Ferreira Gusmao,
  • Vera Lúcia Alves França

DOI
https://doi.org/10.22481/rg.v3i3.5826
Journal volume & issue
Vol. 3, no. 3

Abstract

Read online

Este artigo tem como objetivo apresentar aspectos da centralidade urbana de duas cidades do Nordeste brasileiro: Vitória da Conquista e Aracaju. A primeira delas é uma capital regional do Estado da Bahia, com situação privilegiada no sudoeste baiano. Aracaju é capital do Estado de Sergipe e se caracteriza por forte primazia no subsistema urbano do qual faz parte. Para realização desse trabalho foi realizada revisão bibliográfica e trabalho de campo para verificar condições locais. Estas duas cidades apresentam forte centralidade sobre as áreas em que se situam e, dentre as funções, destacam-se aquelas de educação e saúde, com capacidade de atrair pessoas de municípios distantes e até de outros estados. A tendência de fortalecimento da centralidade dessas cidades vem se acentuando nas últimas décadas, sendo favorecida pela rede rodoviária.

Keywords