Correlação entre indicadores antropométricos e a qualidade do sono de universitários brasileiros

Revista da Escola de Enfermagem da USP. 2013;47(4):852-859 DOI 10.1590/S0080-623420130000400012

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista da Escola de Enfermagem da USP

ISSN: 0080-6234 (Print); 1980-220X (Online)

Publisher: Universidade de São Paulo

LCC Subject Category: Medicine: Nursing

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Spanish; Castilian, Portuguese, English

Full-text formats available: PDF, HTML, XML

 

AUTHORS

Herica Cristina Alves de Vasconcelos
Luciana Vladia Carvalhedo Fragoso
Niciane Bandeira Pessoa Marinho
Marcio Flavio Moura de Araujo
Roberto Wagner Junior Freire de Freitas
Maria Lucia Zanetti
Marta Maria Coelho Damasceno

EDITORIAL INFORMATION

Blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 9 weeks

 

Abstract | Full Text

Objetivou-se investigar a correlação existente entre indicadores antropométricos e a qualidade do sono de universitários brasileiros por meio do Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh. Estudo transversal, realizado com 702 universitários entre março de 2010 e junho de 2011. A correlação indicou que os casos de obesidade foram maiores entre os estudantes bons dormidores. Por outro lado, o sobrepeso e os valores elevados das circunferências cervical e abdominal predominaram entre os maus dormidores. Assim, além dos prejuízos ocasionados pelos distúrbios do sono isoladamente, ressaltam-se riscos adicionais devido à associação da má qualidade de sono com o sobrepeso, a obesidade central e a elevação do perímetro cervical.