INTEGRAÇÃO E FRAGMENTAÇÃO NA CULTURA ORGANIZACIONAL: DISCURSO E SILÊNCIO EM UMA EMPRESA DE ALIMENTOS

Revista Administração em Diálogo. 2015;15(2) DOI 10.20946/rad.v15i2.12815

 

Journal Homepage

Journal Title: Revista Administração em Diálogo

ISSN: 2178-0080 (Online)

Publisher: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Society/Institution: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

LCC Subject Category: Social Sciences: Commerce: Business

Country of publisher: Brazil

Language of fulltext: Portuguese

Full-text formats available: PDF

 

AUTHORS

Henrique Muzzio (Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/ DCA/PROPAD))
Maria Ester de Freitas (Fundação Getulio Vargas (EAESP))

EDITORIAL INFORMATION

Double blind peer review

Editorial Board

Instructions for authors

Time From Submission to Publication: 10 weeks

 

Abstract | Full Text

O objetivo dessa pesquisa é analisar as visões de colaboradores de uma empresa a partir das perspectivas culturais de integração, de diferenciação e de fragmentação culturais. A literatura funcionalista defende a integração cultural como meio de garantir resultados instrumentais plenos. Os autores interpretativistas defendem uma condição difusa da cultura organizacional. Neste estudo de caso, estas visões foram confrontadas através de documentos e 27 entrevistas semi estruturadas, tratadas através da análise de conteúdo. Os resultados indicam um contexto de diferenciação e de fragmentação, ainda que os documentos e os relatos de alguns participantes tratem a cultura como algo integrado.